HISTÓRIA

O Coral Canto Vivo, como era anteriormente chamado, foi criado em 1986. Teve como regente Marco Antonio de Almeida Cunha, desde sua fundação até 1992, quando passou a ser dirigido pela maestrina Cláudia de Queiroz. A partir de 1990 passou a ser administrado pela Sociedade Jundiaiense de Cultura Artística e, no início de 1995, separando-se desta, tornou-se a Cia. Canto Vivo. Teve como preparadores vocais Mauricio Martinazzo, Sonia Goussinsky ,  Mario Rogério Sevílio de Oliveira , Márcia Dhegani , Carolina Borba e Carla Mendes. O grupo tem como regente assistente e pianista desde 2008, Andresa Kinjo, e, como preparadora vocal, desde agosto de 2020, Débora Lorenti Lupianhe. Desde sua fundação vem participando de diversos encontros de corais na cidade de Jundiaí e em outros municípios do Estado.

 

Também já realizou várias apresentações com orquestras da cidade. Em 1994, a Cia. estreou o musical “Os Miseráveis”, sob direção cênica de Wagner Nacarato. O espetáculo foi sucesso de público e crítica, sendo apresentado em Jundiaí, Piracicaba, Bauru, Indaiatuba, e em São Paulo. O grupo também teve a oportunidade de mostrar um pouco deste trabalho no programa Jô Soares Onze e Meia, no SBT, em novembro de 1995. Em 1997, a Cia. Canto Vivo participou da peça "Parsifal, o Cavaleiro das Estrelas", também sob direção de Wagner Nacarato.  Em 2000, o grupo foi classificado em 3º lugar no Mapa Cultural Paulista, na categoria Canto Coral. No ano de 2002 realizou o espetáculo intitulado “Cia. Canto Vivo – 15 Anos”. Entre 2004 e 2007 promoveu as séries “Coral ao Quadrado” (que foi retomada em 2013) e “Festival de Música Sacra”, com o objetivo de intercâmbio com corais de cidades vizinhas.

 

Em setembro de 2006, estreou o musical “O Clube da Gula”, inspirado em obra de Luis Fernando Veríssimo, com direção cênica de Carlos Pasqualin e roteiro de Ulisses Vertuan, cuja temporada se encerrou no auditório da UNIFESP, em São Paulo, em agosto de 2007. Em julho de 2008, a Cia. recebeu a regente Suíça Chiara de Paula Bullo , que realizou vários ensaios e um concerto com o grupo (“Concerto de Inverno”). Em 2010 , 2011 e 2014 participou da Virada Cultural Paulista. A Cia. venceu o Mapa Cultural Paulista (Região Campinas) nas edições 2009 e 2013. Em 2011, em comemoração aos 25 anos do grupo, lançou seu primeiro CD e estreou a remontagem do musical “Os Miseráveis”. Em 2015 participou da I Virada Coral, dentro da programação da Virada Cultural de São Paulo, realizando um concerto na cripta da Catedral da Sé. Entre 2017 e 2019 realizou concertos nas dependências do SESC Jundiaí.

No ano de 2019, ainda mantendo o seu objetivo de montar repertório variado, realizou concertos inspirados no tema AMOR, o que culminou no concerto "Amor em Todo Canto".

Em maio de 2020, o grupo produziu seu primeiro coro virtual.

 

O coral conta atualmente com 29 componentes (12 sopranos, 7 contraltos, 5 tenores, 5 baixos). Os ensaios são realizados às quartas-feiras, das 19:30 às 22:00, na cidade de Jundiaí (SP). Atualmente os ensaios são realizados virtualmente.

Copyright © 2015 | Canto Vivo 

Todos os Direitos Reservados 

Criado por Jonatas braz